Embora o prazo já tenha entrado em vigor para o cumprimento dessa exigência, as dificuldades em cumprir o determinado na lei 12.741 continuam, pois diferentemente do Sistema Empresa Fácil, que já está totalmente adaptado já antes do prazo de 2013, muitos sistemas ainda não conseguiram atender as confusas normas para o detalhamento dos impostos nos documentos fiscais Nf-e (Nota Fiscal Eletrônica) e Cupom Fiscal.

Sendo assim, embora o governo não tenha prorrogado a obigatoriedade,  postergou as punições referentes ao descumprimento dessa lei para 1 de janeiro de 2015, através  da Medida Provisória nº 649 de 5 de junho de 2014.

Recomandamos as empresas que não tenham esse recurso impelmentado ainda que cobrem de seus fornecedores a solução ou que começem a providenciar a substituição porum sistema que já disponha do recurso, já que a substituição de um sistema pode ser demorada e o recurso precisa estar disponível até o prazo determinado. 


 

 

Fonte: pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=06/06/2014&jornal=1&pagina=1